10 de julho de 2024
Av. João Ferreira, 555 – Centro
Cultura

Prefeitura de Água Branca realiza primeira oitiva da Lei Paulo Gustavo com artistas e produtores culturais

No último domingo (29), o auditório do CRAS de Água Branca foi palco da Primeira Oitiva da Lei Paulo Gustavo, um evento que reuniu artistas, produtores culturais e entusiastas da área cultural em uma importante discussão sobre o futuro da cultura no município. A iniciativa visa promover o incentivo à cultura e garantir ações emergenciais para o audiovisual, cinema e demais áreas artísticas, setores bastante prejudicados pela pandemia da Covid-19.

A Lei Paulo Gustavo, batizada em homenagem ao renomado humorista brasileiro, tem como objetivo primordial fomentar a cultura, proporcionar suporte e recursos para o setor audiovisual, cinema e demais vertentes culturais. O evento contou com a presença do prefeito Júnior Ribeiro e do secretário estadual dos Transportes, Jonas Moura.

A secretária municipal de Cultura, Camila Alencar, destacou a importância da lei e sua significativa contribuição para o cenário cultural local.

“As expressões culturais são parte da nossa identidade local. A Lei Paulo Gustavo representa um marco no fortalecimento da nossa cultura, oferecendo oportunidades, suporte e reconhecimento aos artistas e produtores culturais de Água Branca. Estamos comprometidos em fazer com que essa lei se transforme em ações concretas que beneficiem nossa comunidade artística e, consequentemente, todos os cidadãos aguabranquenses”, declarou.

A secretária afirmou ainda que a primeira oitiva da Lei Paulo Gustavo serviu como um espaço de diálogo e escuta ativa, no qual os participantes puderam expressar suas necessidades e expectativas em relação às políticas culturais do município. O evento é o primeiro passo em direção a uma parceria sólida e colaborativa entre a gestão Júnior Ribeiro e a comunidade artística, visando à promoção e valorização da cultura em Água Branca.