25 de abril de 2024
Av. João Ferreira, 555 – Centro
Geral

Professores Municipais participam de Capacitação sobre: Estratégias de trabalho para alunos com NEE – Necessidades Educativas Especiais

A Prefeitura de Água Branca por meio da Secretaria Municipal de Educação – SEMED e da Coordenação da Educação Especial realizou ontem, segunda-feira, 09/09 na Escola Municipal Adelaide Rosa uma oficina com o tema: Estratégias de trabalho com alunos com NEE – Necessidades Educativas Especiais , onde os trabalhos foram orientados pela Coordenadora da Educação Especial – Prof.ª Francisca Andrade “Chiquinha” e contou com a participação dos professores da rede municipal.

A contextualização do tema foi realizada usando como embasamento o vídeo: Visão Histórica da Deficiência – MEC/Escola Viva. O vídeo mostra todo o histórico de como era vista a pessoa com deficiência fazendo um recorte até os dias atuais. Aproveitou-se o momento e foi explanado o texto: Educação Especial Na Perspectiva da Educação Inclusiva; O que é o AEE. Foi feita uma breve leitura e discussão sobre os objetivos, público alvo e atendimento do AEE.
A oficina foi pensada como um momento de interação, usamos vídeos e dinâmicas de sensibilização com os participantes.  Foi apresentado o vídeo Deficiência e superação: exemplo de vida, mas sem o som, pois o objetivo era que os participantes vivenciassem como se sente uma Pessoa com Surdez diante das atividades de sala de aula.  Aplicação do teste: Teste seu poder inclusivo de Tereza Mantoan. No teste a autora elabora um conjunto de perguntas com o objetivo de examinar o poder de inclusão do educador diante de muitas questões recheadas de dilemas no cotidiano escolar, em que está subentendida, por vezes, uma visão preconceituosa de educação e de educando quando esta deveria ser inclusiva.

Outra vivência foi a dinâmica: A Bengala, na qual foram formadas duplas divididas em guia e DV, foram distribuídas vendas , a tarefa era guiar um DV pelos corredores da escola e depois relatarem a experiência. Todos relataram a dificuldade, o incômodo e o medo por não enxergarem. O objetivo foi fazer com que os participantes refletissem sobre a dificuldade que um DV tem em enfrentar os desafios diários

Ao final do encontro foi feita a distribuição de material impresso apresentando algumas estratégias de como se trabalhar com pessoas com necessidades especais- NEE e com a construção de algumas estratégias pelos participantes.

Tendo em vista a existência de duas salas de AEE, onde são realizados os atendimentos dos alunos com NEE, a Secretaria de Educação julgou necessária a realização deste momento para orientar os professores sobre como deverão conduzir os trabalhos em sala de aula com estes alunos.